sábado, 14 de agosto de 2010

Opus Dei


As minhas mãos
Criam anelantes tentações
Modelam desarrazoadas juras
Deflagram intenções

Acariciam despudoradamente
A obra de deus

Viciam sentidos,
As minhas mãos,
Na rude missão
De roubar-te segredos puros
De desonrar futuros
De descobrir teus
Líquidos caminhos

Rumos inseguros,
Apontam tuas mãos,
Meandros ardilosos
Veredas impacientes
Nervoso destino
Moreno oceano
Esculpido por deus

As minhas mãos
Ávidas de ti

A tatear
Um credo silente
Indecente
Feliz

A desenhar um verso
Molhado
Que vinga
Que se anima
Com a graça
Que grassa
Generosa
Servil
Abundante
Gentil
Das doces maravilhas
Que explodem de ti

As minhas mãos
Perseguem
Arriscam-se
Nas armadilhas do pecado

As minhas mãos
Perdem-se em ti
Espraiam-se
Por sobre sedutoras delicias
Por entre insuperáveis sabores
Quedam-se ante
Revelações viscosas
Glorias fluidas
Que brotam das artes de deus

As minhas mãos
As tuas mãos
Os temores
Os encantos
Minhas defesas
E minhas culpas

As minhas mãos
Que afagam
Que, desconcertadas,
Modelam febris sensações

Que acariciam inadvertidamente
A face fria
Os olhos azuis
Os seios nus
O riso indecifrável
Distante
Opaco
Da arte de deus.

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Meu querido Sodré, não sobre este texto quero comentar, mas sobre a sua mais recente crônica. Aliás, que comentar o quê! Quem sou eu pra isso diante de tanta poesia e de tanta maestria no uso do vernáculo. E do vernáculo mais difícil de domínio: o simples, que é escorregadio e, de quando em vez, lança o seu escritor no lodo do vulgar. Isso, notadamente, não acontece contigo. Mas quero dizer que chorei pela beleza das letras. E chorei por também sentir que "alguma coisa acontece no meu coração" quando cruzo algumas ruas de Belém. E que essa alguma coisa" nada tem a ver com o medo saudoso dos dicos voadores e dos cachorros.
    Amo-te.

    Ori.

    ResponderExcluir
  3. oi sodré, as poesias estão cada vez melhor. logo vc vai ter que ter um novo espaço no jornal pra publicar as poesias também. estava off,mas meu pc saiu da assistência. venho aqui mais vezes. bjss e uma excelente semana.

    ResponderExcluir
  4. adoro!111111111111111

    ResponderExcluir